Pagina Inicial

/

Entrevistas

/

Presidente em exercício do Vitória, Luiz Henrique anuncia rompimento com PC

Presidente em exercício do Vitória, Luiz Henrique anuncia rompimento com PC

Por Redação

Afastado, com pedido de liminar negado e agora isolado. Essa é a situação de Paulo Carneiro no Vitória após o presidente em exercício, Luiz Henrique Viana, anunciar seu rompimento com ex-mandatário.

Em entrevista à Equipe dos Galáticos, na noite desta terça-feira (21), Viana confirmou que segue no comando do clube e longe de PC. "Não tem sentido eu ficar à frente do Vitória com um duplo comando. Esse é o momento de Paulo Carneiro ficar afastado do Vitória e eu administrar o clube. Meu jeito é diferente do dele. Sou do processo de união do clube. Acho que temos que unir todas as frentes do clube, compartilhar as decisões. A minha forma de trabalhar é diferente da dele. Ele tem a dele e eu vou seguir a minha", disse.

O atual mandatário afirmou que já conversa com outras lideranças para tentar salvar o Rubro-Negro. "Não tenho amor a cargo. Não vim para o Vitória por cargo, vim para contribuir. Eu sou contra a personificação no clube. O Vitória é maior que qualquer pessoa. Se eu tiver que sair, saio, sem problema nenhum. Estou exercendo a minha função. É um momento difícil e acho que não devo abandonar o clube. Estou conversando com várias pessoas. Todos amam o clube que escolhemos para torcer, isso já é um facilitador. O que precisamos é de diálogo, saber ouvir. É por esse caminho que vamos reconstruindo".


Foto: Divulgação / EC Vitória

E ainda revelou que está próximo de anunciar mais uma contratação. "Estamos sim. Vamos anunciar um lateral-esquerdo. Estamos perto e vamos anunciar logo".

No bate-papo, Viana também admitiu que o Leão está com salários atrasados, mas se mostrou otimista na volta por cima.

Leia abaixo a entrevista completa:

Você se afastou de Paulo Carneiro?

Não tem sentido eu ficar à frente do Vitória com um duplo comando. Esse é o momento de Paulo Carneiro ficar afastado do Vitória e eu administrar o clube. Meu jeito é diferente do dele. Sou do processo de união do clube. Acho que temos que unir todas as frentes do clube, compartilhar as decisões. A minha forma de trabalhar é diferente da dele. Ele tem a dele e eu vou seguir a minha.

Acha que pode voltar a unir as diversas lideranças do clube?

Não tenho amor a cargo. Não vim para o Vitória por cargo, vim para contribuir. Eu sou contra a personificação no clube. O Vitória é maior que qualquer pessoa. Se eu tiver que sair, saio, sem problema nenhum. Estou exercendo a minha função. É um momento difícil e acho que não devo abandonar o clube. Estou conversando com várias pessoas. Todos amam o clube que escolhemos para torcer, isso já é um facilitador. O que precisamos é de diálogo, saber ouvir. É por esse caminho que vamos reconstruindo.

O que tem a dizer sobre o momento conturbado que o clube passa?

O clube está vivendo uma fase muito difícil, que já conhecemos, pela parte financeira e a parte política. Mas, vamos conseguir superar tudo isso se tivermos união.

E sobre as dificuldades financeiras?

O Vitória não é o único time no Brasil que está em situação financeira difícil. Acho, sim, que se todos dermos as mãos, com a ajuda de todos, vamos superar essa situação.

O Vitória está com os salários do elenco atrasados?

Estamos com um mês atrasado na CLT e quatro de imagem.

Como passar confiança ao grupo para superar esses problemas?

É um grupo muito comprometido, são jogadores jovens, às vezes sentem o peso da responsabilidade, mas são comprometidos. Com minha comissão técnica, tento blindá-los. É com a verdade e a franqueza que conseguiremos vencer os obstáculos. Assim que vou agir e amanhã terei uma conversa com eles.

O que tem a dizer sobre o áudio de PC prometendo bicho aos jogadores pela Vitória sobre o Operário?

A verdade é que naquele jogo do Operário Paulo ainda não tinha sido notificado pelo Conselho. Foi nessa condição que ele prometeu o bicho.

Qual a importância da inauguração da nova loja do clube no Salvador Shopping?

É um marco importante na história do clube. Não é só a inauguração da loja, que por si só já seria alegria. Mas, é a concretização de um projeto, junto com a marca própria do clube e agora vamos buscar expandir com outras lojas. Será uma extensão da casa do Rubro-Negro. É lá que vamos nos encontrar para dividir nossas alegrias.

E sobre reforços, vem um lateral-esquerdo por aí?

Estamos sim (contratando). Vamos anunciar um lateral-esquerdo. Estamos perto e vamos anunciar logo.

SIGA-NOS

GRUPO

© Copyright Galáticos Online. All Rights Reserved

Designed by