2016 começou pra valer, e só o acesso importa

por Tarso Duarte (@tarsoduarte) em 24 de Janeiro de 2016 11:44

Já era o maior objetivo no ano passado, e em 2016 o acesso para a primeira divisão vai ter que ser uma obsessão no Fazendão. Isto por que o tamanho do Esporte Clube Bahia não combina com a segunda divisão, e os acidentes no percurso  de 2015 que sacaram o clube da elite precisam ser evitados.
 
Uma semana antes de estrear em competições oficiais, a equipe de Doriva teve pela frente um teste real, mesmo jogando em casa, diante de um time que, assim como o Bahia, ainda se reorganiza após as férias de fim de ano.
 
Independente do placar, contra o vice-campeão da Copa do Brasil - diga-se de passagem -Doriva pôde acompanhar de perto o desempenho de atletas que ainda lutam para ter chance  no time titular. O comandante teve a chance de avaliar a obediência tática, confirmar ou se decepcionar com as expectativas que criou durante os treinamentos realizados até aqui.
 
O time ainda está em formação, ainda é cedo, mas o trabalho, a tentativa de dar mais qualidade para o time que vai disputar a segundona não pode ser deixada de lado em nenhum momento.
 
As contratações iniciais foram importantes, mas com o time jogando, dias de quarta e domingo, as deficiências e qualidades vão indicar onde o time precisa ser reforçado.
 
Caso o Bahia queira chegar na Série B tendo mais chances de pontuar nas primeiras rodadas, as contratações não podem deixar para serem feitas ao fim do estadual e do regional.
 
O planejamento e a busca precisam ser diários, os estaduais são a chance que o tricolor vai ter para descobrir os reforços, que podem completar e dar liga ao time de Doriva.

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade