Vitória joga mal e perde a invencibilidade no Barradão na Série B

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 29 de Setembro de 2020 21:09
Foto: Reprodução

Na caça ao sonhado G-4, o Vitória recebeu o CSA no Barradão e buscava mostrar porque ostenta o status de melhor mandante da Série B. Mas o Leão sofreu com a boa marcação da equipe alagoana e com muitos erros de passe, no primeiro tempo e saiu atrás do placar. Foi um primeiro tempo para se esquecer do Vitória.

Atrás do placar, o Leão retornou para a segunda etapa com outra postura, atacando e mantendo a posse de bola no campo de ataque. Em contrapartida, o CSA utilizava os contra-ataques com perigo. Por fim, o Vitória perdeu o primeiro jogo em casa nesta Série B e o CSA ganhou a primeira como visitante. Assim terminou o jogo dos opostos.

PRIMEIRO TEMPO

Foi um início de jogo bastante estudado por parte das duas equipes. Com os dois times com medo de errar, os 10 primeiros minutos foram mornos.

Aos 11', Yago subiu livre pelo meio e tocou para Paulo Sérgio. O goleiro Ronaldo saiu mal para cima do atacante, que, quase sem ângulo, ajeitou e mandou para o gol! 1 a 0 para o CSA.

Sem conseguir assustar a defesa do CSA com a bola rolando, o Vitória tentou na bola parada. Aos 18', Carleto na cobrança da falta mandou na área, mas Leandro Silva cabeceou para fora.

Aos 23', o CSA quase ampliou. Pedro Júnior se infiltrou na marcação e tocou para Yago, que perdeu para a marcação. Mas Paulo Sérgio dominou de na meia lua, mas chutou por cima do travessão.

Só dava CSA no primeiro tempo. Aos 29', Paulo Sérgio chegou por trás, após bom cruzamento de Pimpão, mas cabeceou torno, por cima do travessão.

Aos 38', Pimpão avançou, e em vez de tentar o cruzamento, ele tentou surpreender o goleiro e mandou direto para o gol. No reflexo, Ronaldo pegou e mandou para escanteio.

Novamente, aos 40', o CSA perdeu mais uma oportunidade de ampliar o placar. Após erro de passe infantil de Lucas Cândido,  Paulo Sérgio dominou e partiu para cima da meta de Ronaldo, que saiu e evitou o pior para o Leão.

SEGUNDO TEMPO

Com uma postura diferente, o Vitória quase conseguiu o empate aos 4'. Carleto cobrou falta e mandou na área. João Victor cabeceou para o gol, e Castán tirou a bola em cima da linha.

Em resposta, aos 10', o CSA chegou muito bem, com Geovane, que cabeceou de maneira perigosa, fazendo a bola tirar tinta da trave de Ronaldo, que só pôde torcer para ela não entrar.

Aos 13', Fernando Neto apareceu por trás como elemento surpresa e mandou uma bomba, que assustou o goleiro Matheus Mendes, mas a bola foi para fora.

Mais uma vez na bola parada, o Vitória chegou com perigo, aos 20'. Carleto cobrou e mandou direto para o gol! Seguro, Matheus Mendes fez a defesa.

Aos 38', o Vitória insistiu no ataque e Carleto recebeu na entrada da área e cruzou. Léo Ceará cabeceou e mandou a bola para fora. Ela passou muito perto da trave e saiu pela linha de fundo.

FICHA TÉCNICA:

Vitória x CSA
Brasileirão Série B - 12ª rodada

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 29/09/2020
Horário: 19h15
Arbitragem: Léo Simão Holanda (CE), assistido por Cleberson do Nascimento Leite (CE) e Eleutério Felipe Marques Junior (CE).
Gols: Paulo Sérgio (CSA)
Cartões amarelos: Matheus Mendes (CSA)

Vitória
Ronaldo; Leandro Silva (Bocão), João Victor (Maurício Ramos), Wallace e Carleto; Guilherme Rend (Dudu), Lucas Cândido (Fernando Neto) e Marcelinho (Juninho Quixadá); Ewandro, Alisson Farias e Léo Ceará. Técnico: Bruno Pivetti.

CSA
Matheus Mendes; Diego Renan, Luciano Castán, Cleberson e Rafinha; Márcio Araújo, Geovane e Yago (Allano); Rodrigo Pimpão (Marquinhos), Pedro Júnior (Pedro Lucas) e Paulo Sérgio (Andrigo). Técnico: Mozart Santos.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade