Devendo ao ex-empresário, ex-atacante do Vitória pode ser punido pelo

Autor(a): Da Redação em 29 de Abril de 2010 22:23

A briga judicial entre o atacante do São Paulo, Roger, e seu ex-empresário Osvaldo Betti chegou ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Por conta dessa batalha nos tribunais, o Tricolor já não inscreveu o jogador para a Libertadores, temendo uma suspensão. Agora, no tribunal brasileiro, que o julga na próxima quarta-feira, dia 5 de maio, a partir das 18h, Roger pode ser multado em até R$ 100 mil.

O imbróglio começou, quando o jogador rescindiu com o empresário, mas não pagou a rescisão avaliada em US$ 110 mil e ainda outros encargos, como título de custas de processo de arbitragem e contribuição para custas legais.

O jogador responderá ao artigo 191 II (deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento de deliberação, resolução, determinação, exigência, requisição ou qualquer ato normativo ou administrativo do CNE ou de entidade de administração do desporto a que estiver filiado ou vinculado). O são-paulino agora também pode ser multado na Justiça Desportiva brasileira em até R$ 100 mil, além de ter que pagar ao ex-empresário o valor estipulado.

Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade