Cerri comenta fase ruim do Bahia, nega problemas internos e enaltece trabalho

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 28 de Novembro de 2019 16:48
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (28), no Fazendão. O dirigente comentou sobre a fase ruim que a equipe passa na Série A.

Sobre o distanciamento da disputa por uma vaga na Libertadores, o profissional garantiu que não foi um choque de realidade e enalteceu o trabalho realizado pelo clube. "Não foi um choque de realidade. Tenho certeza, e todos aqui têm, que poderíamos chegar à Libertadores, seja ela direta ou nas qualificatórias. Nós colocamos como obsessão chegar à Libertadores, pelo grupo que temos, pelo trabalho que fazemos no clube. Temos que pensar grande. Esse tem que ser nosso objetivo. Não é um sonho, pode ser uma realidade. Machuca todo mundo essa fase ruim, a queda de produção, mas não é um choque de realidade. O Bahia vem construindo ano a ano uma estrutura melhor para que a gente chegue, sim, se não for esse ano, no ano que vem ou próximo. O Bahia vai chegar em coisa grande".

Sobre o que teria motivado a queda de rendimento, o diretor negou problemas internos e diminuiu a possibilidade de desgaste físico da equipe. "Todo mundo está se desgastando nessa fase do campeonato, não é exclusividade nossa. Se tivesse um motivo, seria muito mais fácil. A grande verdade é que ão temos problema dentro do grupo. Temos um grupo de muito caráter, jogadores comprometidos, mas as coias às vezes não acontecem. Iniciamos bem o campeonato, tivemos um momento excelente, e agora um momento ruim. Todos que fizeram parte daquele momento, também estão fazendo parte agora".

Cerri também negou que o Bahia tenha sentido a falta de um elenco mais forte. "Não acho. Realmente houve lesões, mas temos peças de reposição, temos um elenco homogêneo. Uma coisa é o elenco não estar rendendo neste momento".

Sobre o atacante Rogério, que criticou o técnico Roger Machado no início da semana, em uma rede social, ele revelou que conversou om o atacante, que foi punido internamente. "Eu mesmo conversei com ele. O Rogério errou. Ele sofreu as consequências do erro dele. Ele mesmo se desculpou muito da besteira que fez. Acabou perdendo a cabeça e usou a ferramenta da rede social de maneira errada. Mas, foi tudo resolvido, não ficou nada para trás".

Por fim, o diretor de futebol comentou o trabalho de formação do grupo para a temporada 2020 e afirmou que o ideal será apenas qualificar com poucas contratações. "O planejamento do futebol ideal é com poucas mudanças. Aqui no Brasil tem o costume de se contratar muito. O ideal seria mexer menos, que a gente contrate algumas peças para qualificar".


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade