Revoltado com a desistência do Cruzeiro na contratação de Ramon, agente dispara: "Caso de polícia"

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 17 de Janeiro de 2020 20:00
Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

A relação do zagueiro Ramon com o Cruzeiro acabou antes mesmo de começar (Confira aqui). Após assinar pré-contrato com a Raposa em agosto de 2019, o zagueiro se apresentou ao clube no início desta temporada, no entanto, a diretoria analisou o documento assinado e decidiu voltar atrás.

Em entrevista ao Globoesporte.com, o agente de Ramon, André Cury, falou com detalhes sobre a negociação. 

"O Cruzeiro, ultimamente, não tem nenhum tipo de conversa. O clube está à deriva. Ele expõe o menino, faz o menino vir para fazer papel de palhaço. Eu perguntei: "Vocês querem que o menino venha ou não?". Falaram: "Vem! Jogador é nosso". Pediram para abaixar o salário. Ele aceitou abaixar o salário. Pede para aumentar um ano de contrato, o que foi uma surpresa para mim, porque eu achava que seria um problema para o clube (tempo de contrato). Mas, então, falam que o menino é muito bom, que o Adilson contava com ele. Damos um ano de contrato a mais. No fim, dizem que não querem ficar mais", disse André.

Revoltado, o empresário desvalorizou os argumentos usados pela cúpula do Cruzeiro e afirmou que a situação é "caso de polícia". "E, inclusive, tentam achar argumentos esdrúxulos e mentirosos que passaram do limite e é caso de polícia, é caso de delegacia. Porque a delegacia que está investigando o clube, já tem que dar uma esticada na investigação para esses caras aí", disparou 

No Vitória desde 2014, Ramón estava treinando na Toca da Raposa desde o dia 8 de janeiro, enquanto aguardava uma definição da cúpula cruzeirense. Sem contrato, o zagueiro está livre no mercado para negociar com outra equipe. 


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade