Roger Machado critica nível técnico do Bahia contra o Fluminense e diz: "A bola não aceita desaforo"

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 12 de Outubro de 2019 22:10
Foto: Felipe Oliveira / ECBahia

O técnico Roger Machado concedeu entrevista após a derrota do Bahia por 2 a 0 para o Fluminense, a qual prejudicou o Esquadrão no objetivo de voltar ao G-6. O comandante foi sincero e criticou o nível técnico da equipe nesta partida e também citou bastante vezes o nível de concentração baixo do Tricolor.

"Tecnicamente nós estivemos abaixo. Um jogo com nível de concentração baixo, intensidade alta no segundo tempo, o que nos levou a criar várias oportunidades de gol, porém um primeiro tempo em que nossa concentração foi menor do que a do nosso adversário e nós proporcionamos a eles erros importantes que além de dar confiança para o adversário, deu bastante campo para progredir no jogo. No segundo tempo o nível de concentração mais alto fez com que a gente controlasse o jogo. Foi um jogo ruim tecnicamente e um resultado ruim. Confiança alta e nível de concentração baixo. Infelizmente a bola não aceita desaforo", disso o técnico Roger Machado.

O treinador do Bahia também foi questionado sobre as chances desperdiçadas pela sua equipe nas últimas partidas.

"Contra o Athletico-PR foram dois centímetros da trave pra dentro, dois pra baixo... Volume de produção foi bom e eu posso cobrar do meu time quando a gente não consegue criar para finalizar e o Gilberto esteve presente nas melhores oportunidades de jogo contra o Athletico. Contra o São Paulo foi amarrado por conta do próprio jogo e hoje, novamente, nós criamos várias oportunidades. Naquele momento, nas bolas na trave contra o Athletico, o nível de concentração estava alto, foi um detalhe que a bola não entrou. Hoje o nível de concentração baixo e com isso as chances de errar são maiores [...] Quando ganhamos, ganhamos juntos e quando perdemos, perdemos juntos também. Falei com meus atletas: 'Vamos reavaliar e rever o jogo. Consertar o que precisa consertar, não tem tempo pra treinar'. Podemos citar o sincronismo um pouco prejudicado em função das alterações. Foram dois jogadores no setor de defesa, em função disso também a entrada de Guerra na posição dele, pra justamente não mexer mais no setor de meio onde a engrenagem já estava bem consolidada. Perder faz parte do campeonato. A gente sente a frustração de não ter conquistado uma vitória que nos daria oportunidade de subir na tabela, mas é lamber as feridas e partir pro Grêmio no meio da semana", declarou.

Agora o Bahia jogará contra o Grêmio, na próxima quarta-feira (16), às 19h15, na Arena do Grêmio, onde o Esquadrão tentará retornar ao G-6.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade