Roger explica alterações e discorda que houve queda de rendimento do Bahia no 2º tempo

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 12 de Agosto de 2020 23:51
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia começou o duelo com o Coritiba sem centroavante e com dois atacantes de beirada. O novo esquema tático deixou o time mais leve e garantiu a abertura do placar.

Mas, na segunda etapa, o que se viu foi uma atitude diferente da equipe. O Coxa passou a dominar a partida e, por pouco, não empatou.

Após o triunfo apertado, o técnico Roger Machado tentou justificar a superioridade do time paranaense no segundo tempo. "A queda de rendimento está associada com o jogo do adversário, que também queria vencer. O importante é que, nos momentos que a gente não esteja dominando o jogo, a gente domine o adversário para impedir que ele produza oportunidade de gol. Isso a gente fez bem", disse.

Mas, em seguida, o treinador negou que o Bahia tenha deixado o rendimento cair. "Jogar como mandante você vai propor e vai jogar de forma reativa, dependendo do momento do jogo. Para mim não houve queda de rendimento, houve superioridade do adversário, que conseguiu produzir, em alguns momentos, mais do que a gente. Faz parte do esporte".

O comandante ainda explicou as alterações que fez na equipe. "As mudanças, porque depois do bom primeiro tempo, onde a gente conseguiu ter um volume e abrir o nosso gol, o adversário subiu mais forte a marcação e a gente perdeu um pouco da confiança. Começamos a lançar bola, diferente do primeiro tempo. Como não tínhamos um jogador para lutar por essa bola, optei pela substituição e mudar o estilo de jogo. Na alternativa de não conseguir sair jogando, a gente teria o pivô com o Saldanha".


 


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade