Após dizer não a proposta do CSA, Alarcon justifica continuidade no Vitória e comenta negociações

por Redação em 12 de Dezembro de 2019 00:00

Resultado de imagem para alarcon pacheco galáticos online

Contratado ainda na gestão Ricardo David, Alarcon Pacheco não acreditava que permaneceria no Vitória com a saída do ex-mandatário. Mas, após eleito, o presidente Paulo Carneiro, que já conhecia o profissional, optou por mantê-lo na gerência de futebol do clube.

Nesta quinta-feira (12), o gerente concedeu entrevista, comentou sobre a permanência e o trabalho em 2019. "A gente imaginou que isso viesse acontecer (demissão), mas o presidente Paulo conhecia nosso trabalho, nossa maneira de agir e resolveu dar continuidade. Sabemos que estamos devendo bastante, ainda. Procuramos fazer o melhor diante do cenário que tivemos na temporada. O que nos restou foi a permanência na Série B. Agora é corrigir os erros da temporada, que sabemos foram diversos, e procurar fazer um 2020 diferente para o Vitória e seu torcedor. O 2019 é um ano para ser esquecido", disse.

Confira abaixo a entrevista completa:

Você recebeu, recentemente, uma proposta financeiramente favorável do CSA. Porquê disse não? 

Primeiro, a agente, na vida, tem que ter gratidão às pessoas. Pela minha continuidade naquele momento, eu tinha que ser grato ao presidente, que confiou no nosso trabalho. Segundo, porque confio no projeto do Vitória. Um projeto ambicioso. Confiamos que podemos dar nossa parcela de colaboração e conquistar grandes coisas nesse grande clube".

Como anda o processo de montagem do elenco para 2020?

Foi feito um trabalho, uma triagem, juntamente com a comissão técnica e a presidência. Uma reunião ainda no final da temporada para tratar do que a gente tinha e do que precisava. Escolhemos uns nomes, opções em posições que precisamos. Também fizemos um apanhado da divisão de base. Tudo está bem planejado, mas também temos que ter um pouco de sorte no mercado e encaixar algumas peças dentro do valor que a gente pode pagar. Estamos trabalhando diuturnamente para fazer uma equipe forte, que possa representar a tradição e a força da camisa do Vitória.

E o planejamento do Sub-23, que jogará o Campeonato Baiano?

Um trabalho integrado. Sabemos que as necessidades são diferentes, mas estamos procurando fazer uma equipe competitiva, que possa representar o Vitória no Campeonato Baiano também.

A torcida está na expectativa por novos reforços. Quando chegarão?

O que posso afirmar é que temos jogadores em conversação e alguns pré-contratos já enviados.

E a quantidade de reforços, já sabem quantos são necessários?

Temeos uma noção do que precisamos, mas prefiro não colocar número para não criar expectativa.

A permanência do zagueiro João Victor está confirmada?

Está bem encaminhado. Falta definir alguns detalhes, mas tem grandes chances de continuar conosco.

Porque Felipe Gedoz não permaneceu para 2020?

É um atleta com um salário relativamente muito alto. Ele veio numa composição, no processo do Léo Gomes, que foi negociado com o Athletico-PR. É um jogador que não encaixa ano nosso perfil financeiro para a temporada 2020.

E a situação dos atletas que retornam de empréstimos, como Neilton e Léo Ceará?

Não temos nada oficial. Vamos analisar o que receberemos de propostas e o presidente vai decidir. Vamos tomar as melhores decisões para o Vitória.

Foto: Maurícia da Matta


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade