Marco Antônio comemora renovação com o Bahia, fala sobre trajetória e revela sonhos na sua carreira

por Rafael Machaddo (@RafaelMachaddo6) em 20 de Abril de 2018 00:00

Nesta sexta-feira (20) a diretoria do Bahia oficializou a contratação em definitivo do meia-atacante Marco Antônio, de 20 anos, junto à Desportiva Paraense. Com um investimento de cerca de R$ 500 mil, o Tricolor acertou um contrato com o atleta até abril de 2021. A equipe do Galáticos Online bateu um papo com o jogador para falar um pouco sobre o bom momento que ele está vivendo em sua carreira.

Galáticos Online - Após um período breve de negociação, o que você está sentindo com essa renovação com o Bahia?

Marco Antônio - “É um sonho. Sempre foi um sonho de ficar aqui na Bahia. O Bellintani sempre conversou comigo, sempre mandando eu ficar calmo, que minha hora ia chegar, e eu sempre fiquei calmo. Ele já tinha me chamado pra falar que estava tudo certo, que só faltava assinar, e agora é só alegria”.

G.O. – O que passa na sua cabeça ao perceber que há pouco mais de um ano você estava na Deportiva Paraense, e hoje você está no Bahia, foi Campeão Baiano, e começa a Série A do Brasileirão como titular?

M.A. – “Passa muita coisa na nossa cabeça, como foi para a gente chegar até aqui. Eu, graças a Deus, pude estar com a minha cabeça no lugar, não desisti e é o fruto de muito trabalho. A gente foi coroado, não só eu, como todo o grupo está de parabéns, a gente vem trabalhando muito, muito mesmo, para que esse dia chegasse, e chegou”.

G.O. – Nas suas primeiras partidas nesta temporada de 2018, você foi cobrado por algumas chances perdidas, porém, foi ganhando sequência e mostrou evolução. Qual foi a importância dos seus companheiros mais experientes para que você ganhasse cada vez mais confiança?

M.A. – “Não só do grupo, a confiança sempre veio do Guto, da comissão dele, Juninho, Alexandre, as pessoas da comissão... Então fico muito feliz. O Guto sempre fui um cara muito legal comigo, da parte dele de me dar moral, de me dar força... Então isso me dá mais confiança ali, na hora de jogar, fazer uma jogada... O grupo sempre me deu força, então a gente fica mais à vontade dentro de campo para me mostrar o nosso futebol”.

G.O. - E sobre a torcida do Bahia? O que você pode dizer?

M.A. – “A torcida do Bahia, acho que não tem muito o que falar. Vocês mesmos veem aquela torcida em peso, aquela massa ali nos apoiando do começo ao fim, então isso ajuda muito a gente. A torcida vem nos abraçando, tivemos um momento ruim, a torcida vaiou, mas é normal, eles têm o direito. A gente não estava apresentando um bom futebol, mas a gente sabe que a torcida do Bahia é uma torcida grande, a maior do Nordeste. Então, isso é bom, um motivo a mais ali, dentro de campo, para estar nos empurrando para fazer bons jogos e sempre sair com os triunfos”.

G.O. – Por fim, agora com o contrato renovado, o que você projeta para o seu futuro? Sonha em jogar na Europa, ficar mais tempo ainda no clube?

M.A. – “A gente sempre imagina. Já te falei, em outras entrevistas, meu desejo é ficar no Bahia por 5, 10 anos e fazer história aqui. Quero fazer história, ganhar títulos, o Baiano foi o primeiro de muitos que estão por vir. E se eu tiver que sair do Bahia é só para Europa, se Deus quiser, quero jogar em Barcelona, Real Madrid, esse é o meu foco, e o outro é só ficar no Bahia e ganhar títulos. Fazer história no Bahia”.

Foto: Rafael Machaddo / Galáticos Online


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade