Oscar Yamato, Gerente de futebol do Vitória

por em 14 de Dezembro de 2010 00:00

O que te fez aceitar o convite do Vitória?
 
- Primeiro a grandeza do clube. Um clube de grande tradição, uma cidade que muito gostei, mas o mais importante foi a proposta de trabalha apresentada pelo clube onde eu havia certeza que juntamente com a diretoria podemos fazer um grande trabalho e como objetivo levar o Vitória para a série A.
 
- O fato de você ter trabalhado com Antônio Lopes três vezes significa dizer que o trabalho vai fluir com mais tranqüilidade?
 
A facilidade de relacionamento é bem maior. Evidentemente que nunca tive essa dificuldade porque já trabalhei com muitos trabalhos. 
 
- Apesar do orçamento reduzido em 50% você pensa em montar um time para o baiano e depois outro para o brasileiro?
 
O time tem que começar forte, mas sair de um orçamento de R$ 1 milhão e meio e agora com o um orçamento de 50% é preciso manter os pés no chão e analisar bem os jogadores que venham a vestir a camisa do Vitória. Todos os profissionais que aqui virão serão pesquisados, analisados para defenderem o clube com espírito de vencedor. Precisamos de jogadores para disputar com força a série B pois requer força e técnica.
 
- A diretoria afirmou que o orçamento será em torno de R$ 25 milhões. Você já pensou em como aproveitar bem esse valor?
 
Ainda é muito prematuro responder, mas estamos conversando com o diretor, presidente e estamos analisando, mas temos primeiro ter a situação real do orçamento. Mas vamos trabalhar com cautela, cuidado pois não vamos divulgar que vamos trazer esse e aquele jogador.
 
- Vai ter alguma diferença entre trabalhar no Paraná, onde você atuou na maior parte de sua carreira e trabalhar em Salvador?
 
Quanto essa dificuldade não tem, pois temos que ter conhecimento em todos os estados e sempre acompanhei os campeonatos regionais então estamos por dentro das competições e sabemos onde tem esse ou aquele jogador. Temos uma rede de informação muito grande e em cima disso fazemos as observações e analisamos os jogadores.
 
- Já existem nomes? Quando o torcedor do Vitória irá conhecer o trabalho de Yamato?
 
Requer um pouco de tempo, pois não sou empresário de futebol, tenho conhecimento. Temos que manter contato com os clubes, mas para que possamos trazer um jogador temos que contactar com os clubes para depois termos a liberação desse clube para ter o acerto final.
 
- As contratações serão de nível série A ou série B?
 
Depende do orçamento! O programa de avaliação de atleta é muito subjetivo. As vezes você vai atrás do atleta que é destaque em um clube e ele acaba não rendendo e muitas vezes ele está encostado, é terceiro reserva e acaba virando ídolo, então depende muito de atleta para atleta, mas temos que pensar sempre na série A sem esquecer da série B que também é muito forte.
 
- E com as divisões de base? Como vai ser o trabalho para colocar um garoto da base sem comprometer seu rendimento?
 
A divisão de base é fundamental para a sustentação do clube. Sempre gostei do trabalho integrado entre departamento de base e profissional e sempre fiz força para que esses atletas possam vir e nos ajudar no profissional. É importante ter o experiente mesclado com a juventude e assim a gente faz grandes jogadores.
 
- Wallace e Anderson Martins foram vendidos. A zaga se torna prioridade?
 
Estou conversando com o diretor, vou conversar mais com o presidente. Preciso conversar com a comissão técnica para ter uma posição mais carente de quais são as prioridades. Todos os clubes estão em busca de reforços e requer urgentemente correr em busca de jogadores qualificados que não é nada fácil.
 
- O fato do Vitória ter perdido muitos jogadores e ter que montar uma nova base para 2011 chega a preocupar?
 
A preocupação sempre existe, mas você não pode temer isso. Temos que apressar, tirar as maiores informações, mas temos uma lista de atletas, porém não sabemos se temos condições ou não de trazer pois estão todos vinculados aos clubes, então evidentemente temos que conversar com os clubes para conseguir as liberações dos mesmos.

Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade