Júnior Timbó, meia da Portuguesa

por Thiego Souza (twitter: @thiegosouzza) em 08 de Novembro de 2011 00:00

Oriundo das divisões de base do Vitória, o meia Júnior Timbó teve em 2011 sua primeira oportunidade no elenco principal, mas antes disso, chegou a ser emprestado para clubes como o Fluminense de Feira.


Em janeiro de 2011, o meia seria emprestado ao Camaçari, porém sua atuação no Torneio Inicio despertou a atenção do então treinador Antônio Lopes, que não permitiu sua ida para o time da Região Metropolitana.

O jogador se tornou titular, porém perdeu espaço após uma lesão e não retornou mais. Em agosto rescindiu contrato com o Vitória, acertando com a Portuguesa.

Júnior Timbó bateu um papo com o Galáticos Online onde revelou uma certa mágoa pelo Vitória por não ter sido aproveitado, mas afirma que as portas estão abertas para um possível retorno e conta o segredo do sucesso da Portuguesa.


- Você tem algum tipo de magoa do Vitória pelo fato não ter sido bem aproveitado desde que subiu aos profissionais?
Não, jamais pelo contrário. Fiquei um pouco triste depois que me afastaram do elenco, onde eu não podia nem treinar junto com o grupo, mas sou muito grato por tudo que aprendi e vivi lá!

- O que o treinador Antônio Lopes representa para sua carreira?
Muita coisa! Guardo uma profunda admiração, ele foi um pai pra mim e me ajudou muito. Vou ser grato pra sempre.

- No baiano você foi titular absoluto de Lopes, mas uma lesão te tirou de combate. Você acha que isso foi o principal motivo de seu esquecimento?
Acho que ajudou muito. Quando eu estava me firmando infelizmente aconteceu aquela lesão, , mas eu acho que merecia ter mais oportunidades, até pelo que eu tinha apresentado nas partidas em que tinha jogado.

- Você rescindiu contrato com o Vitória porque já estava fechado com a Portuguesa?
Não! Tinha nada certo, apenas só conversas, mas desde que me afastaram que queria ir embora. Mas, na hora certa DEUS me colocou num lugar maravilhoso que é a Portuguesa.

- Você viu na Portuguesa a chance de poder mostrar seu valor?
Então... Estou tendo aqui justamente a oportunidade de mostrar meu potencial, primeiro dentro do grupo para depois poder jogar. Cheguei no começo do segundo turno com o time líder e não é facil se tornar titular de um time nesse status. Mas estou sempre entrando e mostrando que tenho capacidade de estar aqui, graças a DEUS.

- Qual o grande segredo que levou a Portuguesa ao acesso?
Acredito que um ótimo comando com o Jorginho.  A diretoria também está fazendo um ótimo trabalho, e com certeza a união do grupo, a humildade, simplicidade e companheirismo fizeram com que nós ganhássemos muitos jogos.

- Quando entrou em campo contra o Vitória, quais sentimentos passavam por sua cabeça?
Era um jogo especial não posso mentir, mas só de entrar, jogar bem e ajudar meu time, valeu a pena.

- O fato de ver o Vitória na série A em 2012 te alegra ou hoje não faz diferença para você?
Me alegra sim, claro! Porque a torcida e vários amigos que tenho lá merecem . Estou na torcida!

- Você saiu do Vitória com o pensamento de voltar um dia?
Não sai com o pensamento de voltar, mas se for dar vontade de DEUS, voltarei com maior prazer.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade