Direção do Bahia emite nota oficial sobre violência no BaVi

Autor(a): Da Redação em 26 de Abril de 2010 14:29

O jovem torcedor do Bahia, Wesley Oliveira de Almeida, de 14 anos, que está em estado grave, ganhou ao menos o apoio do clube do coração na luta pela vida. Em nota oficial no início da tarde desta segunda-feira, dia 26 de abril, a diretoria do Bahia emitiu uma nota oficial lamentando o incidente.

“A Diretoria do Esporte Clube Bahia “lamenta profundamente o incidente ocorrido com o jovem torcedor Wesley Oliveira Almeida, integrante da Torcida Organizada Bamor, que foi baleado na cabeça por componente da Torcida Organizada "Os Imbativeis". O jovem torcedor do Bahia tem apenas 14 anos de idade e a bala está alojada no maxilar do garoto, que encontra-se internado na UTI de um Hospital particular da cidade. O Vice-Presidente Médico do Bahia, Dr. Marcos Lopes entrou em contato com o Hospital no qual Wesley está internado, colocando-se a disposição da família do jovem para ajudar no que for possível”.

O torcedor foi atingido com um tiro na cabeça após o jogo entre Bahia e Vitória, na noite de domingo, e vai passar por uma tomografia computadorizada para avaliar a gravidade da lesão, no início da tarde desta segunda-feira. De acordo com o pai do garoto, Milton Teixeira, em entrevista ao jornal A Tarde, a bala está alojada no maxilar e o estado de saúde do rapaz, apesar de grave, é estável. Segundo Teixeira, seu filho está lúcido, mas não consegue mexer uma perna e um braço. Médicos avaliam a possibilidade de realizar uma cirurgia para a retirada do projétil.

Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade