Meia do Liverpool é acusado de tentativa de estupro

Autor(a): Redação Galáticos Online em 23 de Junho de 2020 16:00
Foto: Getty Imagens

O Liverpool está muito próximo de conquistar o título do campeonato inglês, após 30 anos. Com 23 pontos de vantagem (83 a 63 pontos) em relação ao vice-líder, Manchester City , o time pode levantar a taça já na próxima rodada, contra o Crystal Palace, em Anfield.

Com o caneco praticamente assegurado, o ambiente tinha tudo para estar tranquilo, porém, uma bomba caiu, nesta terça-feira, para os lados dos Reds . Por meio de uma rede social, uma mulher acusou publicamente o meia Naby Keita de tentar estuprá-la após uma festa na casa do jogador.

Em um tópico publicado no Twitter, Pontso Dlamini relatou como os eventos aconteceram e revelou que o jogador tentou se encontrar com ela para pedir desculpas e impedir que o caso continuasse.

“Em 18 de janeiro de 2020, fui agredida sexualmente pelo jogador do Liverpool, Naby Keita. Eu relatei à polícia da Grande Manchester e à polícia de Merseyside, com todas as evidências, gravações e telefonemas em que o seu pessoal pediu para se encontrar comigo para pedir desculpas. Eles me disseram que era a palavra deles contra a minha. Para o inferno com o sistema, ele falhou comigo”, escreveu.

A mulher também contou como tudo aconteceu. “Fui convidada para a festa de Naby e, no final da noite, ele disse que chamou um taxi para mim. Ele mentiu. Todos saíram, eu fiquei sozinha, e ele começou a me tocar e eu repetidamente disse não. Ele então me ofereceu dinheiro e eu rejeitei”, revelou.

Diante da situação, Dlamini alega que decidiu ligar para sua mãe. “Perguntei a Naby Keita se eu poderia usar o banheiro e mandei uma mensagem para minha mãe, liguei para ela e ela insistiu em que eu ficasse com ela até o táxi chegar. Ele ficou com raiva quando percebeu que eu estava no telefone e me disse para esperar lá fora", disse a mulher.

A denúncia foi levada à polícia, que pegou os celulares da suposta vítima e também da mãe dela, para recuperar gravações de voz, textos e dados de localização. Dentre as gravações estaria uma mensagem de voz de um dos agentes do jogador, dizendo que Naby estaria arrependido e que queria se desculpar. “Nós nos recusamos a se encontrar com ele”, afirma ela, que alega que, por medo, não contou a história antes.

Nem o jogador e nem o Liverpool falaram sobre a acusação até agora.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade