Oposição perde eleição no Náutico após 30 anos sem bate-chapa

Autor(a): Da redação em 22 de Dezembro de 2009 01:45

Após uma semana de atraso e com uma eleição com bate-chapa, fato que não acontecia há 30 anos, o Náutico elegeu, nesta segunda-feira (21), o presidente que irá comandar o clube no biênio 2010/2011. Berillo Júnior, candidato apoiado pelo grupo que atualmente comanda o Timbu, venceu Paulo Chaves, da chapa de oposição.


Apenas 160 conselheiros votaram. E o resultado final foi 121 votos para Berillo Júnior e 39 para Paulo Chaves.


As eleições do Náutico deveriam ter ocorrido na última segunda-feira (14), mas o único candidato, Francisco Dacal, retirou a candidatura horas antes de ser aclamado presidente. Antes, Toninho Monteiro, candidato de situação, já havia desistido de concorrer.


Com a desistência dos dois candidatos, o Conselho Deliberativo do Náutico adiou a eleição por uma semana e abriu inscrições para novas chapas. O grupo de situação lançou Berillo Júnior e Paulo Wanderley como vice. A chapa saiu vitoriosa ao derrotar o grupo de oposição que tinha Paulo Alves e Ubirajara Tavares de Melo como vice.

Estavam aptos a votar 350 conselheiros que, desde 1979 não sabiam o que era escolher um novo presidente. Pois desde a eleição de João de Deus contra Antônio de Oliveira, para o biênio 1979/1980, não havia um bate-chapa nos Aflitos. Desde lá, todos os presidentes foram eleitos por aclamação.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade