Boletim Médico: Dr. Luiz Sapucaia detalha situações dos atletas entregues ao DM do Bahia

por Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 13 de Março de 2018 16:29

O Bahia começará a partir deste próximo final de semana uma série de partidas decisivas, primeiramente valendo vaga na final do Campeonato Baiano, e também valendo a classificação para as quartas de final da Copa do Nordeste. Contudo, o Tricolor tem sofrido bastante nos últimos dias por conta dos desfalques por lesões.

Diante disso, o médico do clube, Dr. Luiz Sapucaia, concedeu entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (13) para passar um panorama geral dos atletas do Esquadrão que tem sofrido com lesões e alguns que estão em fase final de recuperação.

Elber e Allione

“Esses dois atletas tiveram no último jogo umas lesões contusivas que nos preocupou, evidentemente, mas nós fizemos os exames nos dois. O Elber teve uma distensão sem maiores comprometimentos no adutor da coxa, o exame não teve nenhuma lesão de estiramento nem de ruptura, portanto é sobrecarga muscular por conta da ação do próprio jogo. Nós estamos fazendo tratamento fisioterápico ele vem evoluindo bem e vamos fazer a transição para ver como ele evolui. O Allione, da mesma forma, sofreu um trauma no joelho, mas fizemos os exames todos, não tem nenhuma lesão ligamentar, nem nenhuma lesão meniscal maior, mas tem uma sinovite traumática da própria contusão. Portanto, estamos fazendo o tratamento fisioterápico e vamos aguardar a evolução dele”.

Mena e Grégore

“Os dois já estão sem dor, já terminaram um processo de fisioterapia, estão agora na transição física lá embaixo e nós estamos avaliando. Hoje, inclusive, nós vamos avaliar os dois, após a transição, e certamente vão ficar à disposição do Guto.

João Pedro

“O João Pedro teve uma contusão extensiva no joelho e fez uma tendinite no tendão patelar. A gente está fazendo a fisioterapia, mas ele ainda tem um pouco de dor”.

Régis

“O Régis sentiu uma dor no glúteo máximo, também fizemos exames e não tem nenhuma lesão, mas tem dor ainda. Então ainda estamos no período de fisioterapia para avaliar no resto da semana”.

Edigar Junio

“O Edigar é um atleta que teve, no ano passado, um período muito longo de tratamento por conta de uma tendinite no tibial anterior, que é uma patologia chata por ser um músculo de arranque, e de freio. É um músculo que em qualquer exercício qualquer atividade física ele vai se sentir incomodado. Por isso ele demandou tanto tempo no tratamento no passado, e esse ano ele tem jogado quase que em todas as partidas. Isso evidentemente traz uma sobrecarga, mas ele não tem dor. Ele faz manutenção para não evoluir essa tendinite. Quem tem tendinite tibial, quem tem pubalgia, sabe que são patologias que você sofre de montanha-russa porque você está bem e depois você sente um pouco de dor. Mas no departamento médico ele tem se queixado muito pouco. A gente tem feito um tratamento de manutenção dessa lesão”.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia


Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade