Milton Mendes revela que buscou ajuda profissional para solucionar problemas de relacionamento

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 11 de Outubro de 2018 05:30
Foto: Williams Aguiar/ Sport Club do Recife

Em meio a uma situação complicadíssima na Série A, o Sport fez uma tentativa de recuperação ao contratar o técnico Milton Mendes, muito por conta do seu histórico de resultados a curto prazo nas equipes em que trabalha. Por outro lado, além dessa característica, o atual comandante do time pernambucano também é muito conhecido por problemas de relacionamentos, seja com atletas ou outros profissionais dos clubes.

Porém, de acordo com o próprio Milton, ele está trabalhando para melhorar isso. Em entrevista à Rádio Transamérica, de Recife, o comandante leonino afirmou que após a demissão do Vasco, em agosto do ano passado, ele procurou ajuda de profissionais com o objetivo de evoluir nesse sentido.

“Eu precisei fazer uma instrospecção. Em todos os clubes que eu fui, fui campeão, mas estava acontecendo alguma coisa que não finalizava. E eu precisava saber o que estava acontecendo. Fiz algumas avaliações, contratei alguns profissionais que trabalharam comigo e eu tentei entender o que estava se passando, o que eu fiz que poderia ter errado ou até não. Até a Copa do Mundo, fiquei entendendo isso. E depois da Copa do Mundo eu busquei algumas coisas interessantes para trabalhar”, afirmou.

Nas últimas equipes em que trabalhou, o treinador não conseguiu sequer completar 35 jogos. O máximo que chegou foi no Atlético-PR, onde completou 34 jogos, mas no Santa Cruz foram 32; no Vasco, 28; no Paraná, 14; na Ferroviária-SP, 17; e no Kashiwa Reysol-JAP, apenas três. Milton falou um pouco mais sobre seu processo de amadurecimento.

“Lógico que em cada lugar que trabalhei eu tive a consciência que são diferentes, pessoas de diferentes culturas. Avalio até modelos táticos que são diferentes. Mas o Milton Mendes hoje é mais maduro, que consegue entender o contexto do futebol brasileiro, que os jogadores têm algumas especificidades interessantes, mas com o cuidado necessário. Na Europa, eles têm uma aceitação a uma cobrança mais acentuada. Mas aqui é diferente. Hoje eu sou um treinador mais paciente, mais preparado com as circunstâncias do próprio jogo. Eu detesto perder, mas tenho de aprender. E assim sendo, eu transmito aos atletas a tranquilidade que eles podem errar também. Ganhei alguns títulos nesses três anos de Brasil, mas precisamos estar aberto às mudanças”, explicou.

Embalado após o triunfo sobre o Internacional, o Sport de Milton Mendes volta a campo às 19h do próximo domingo (14) para enfrentar o Atlético-PR, na Arena da Baixada.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade