Rei do Futsal, Falcão se despede com vice na derrota para Corinthians

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 07 de Dezembro de 2018 06:45
Foto: Henrique Barreto/Estadão Conteúdo - 6.12.2018

Em 28 de agosto de 1977, Edson Arantes do Nascimento pendurava as chuteiras definitivamente. Mais de 41 anos depois, nesta quinta-feira (6), no Parque São Jorge, pela final da Liga Paulista, Alessandro Rosa Vieira também se despediu. Esses, reis Pelé e Falcão, deixaram saudades nos súditos do futebol e do futsal.

Falcão, aos 41 anos, se aposentou com o vice-campeonato do Magnus Sorocaba, diante do Corinthians. O time do interior de São Paulo venceu por 5 a 3 no tempo normal, mas ficou no empate sem gols na prorrogação e viu o rival comemorar o título em casa. Pelé deu adeus aos gramados sem marcar gol, mas com vitória e título do New York Cosmos sobre o Seattle Sanders, na final da NASL (a principal liga norte-americana na época). De todo modo, Falcão ainda pode dizer que marcou no último jogo, coisa que Pelé não fez.

O eterno camisa 12 é jogador mais vitorioso da história do futsal e — começou a jogar quando o esporte ainda era quase uma versão reduzida do futebol e se chamava puramente 'futebol de salão' — colecionou inúmeros títulos ao longo da carreira. Não se cansou de dizer que ‘não faltou nada’ em 25 anos de profissional.

Com a seleção brasileira, Falcão foi campeão do Mundial (2008 e 2012), do Grand Prix (2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2011, 2013, 2014 e 2015) e do Pan-Americano (2007). Por clubes, outra infinidade de títulos como os do Intercontinental (2016 e 2018) e os da Libertadores (2005, 2006, 2007, 2008, 2009 e 2015) para citar apenas os internacionais.

Agora, o Rei Falcão está pronto para curtir a aposentadoria. Isso sem nunca mais perder a majestade.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade