'Caso BaVi': Confira as argumentações das defesas do Bahia e do Vitória no STJD

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 06 de Abril de 2018 14:54

O julgamento dos acontecimentos do “Caso BaVi” segue muito quente no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro. Depois das acusações feitas pela Procuradoria, na pessoa do Dr. Felipe Bevilacqua, foi a vez das defesas do Vitória e do Bahia se pronunciarem.

O que argumentou a defesa do Vitória?

O advogado do Vitória, Dr. Roberto Dantas, foi o primeiro a se pronunciar. Ele afirmou que a acusação ao técnico Vagner Mancini foi baseada em suposições. “Não há qualquer tipo de comunicação entre o Ramon e o Bruno Bispo”.

O advogado também afirmou que o atleta Bruno Bispo tomou a decisão sozinho. “Ele faz, mas não recebe essa orientação de ninguém. Tomou uma decisão por conta própria. É um atleta jovem, em uma situação de extrema pressão e não merece uma suspensão tão pesada”.

Por fim, a Dra. Patrícia Saleão também argumentou. Foi pedido que as penas dos atletas sejam reduzidas ao que eles já cumpriram, (cinco jogos), afirmando que eles são réus primários e que já aprenderam a lição. Sobre Kanu, o pedido é que não seja considerada a pena em dias por ameaça. “Sabemos que eles poderiam ter outra postura. Não foi nada bonito. Em relação ao Kanu, a defesa pede que não seja considerada a pena de ameaça”, afirmou a defesa rubro-negra.

O que argumentou a defesa do Bahia?

O advogado do Bahia, Dr. Milton Jordão, começou afirmando que não brigaria com as imagens, e que gostaria apenas de discutir alguns aspectos das punições. Sobre o zagueiro Lucas Fonseca afirmou: “O atleta em nada participou das agressões e apenas contribuiu para acalmar os ânimos”.

Sobre Rodrigo Becão ele disse o seguinte: “Ele sai em defesa do Vinicius e faz um gesto que pode ser uma tentativa de agressão ou um ato hostil. Não se consegue visualizar com clareza a participação dele como uma agressão”.

A defesa de Dr. Milton se baseou em diminuir as penas de Lucas e Becão, e afirmou que Edson partiu em defesa de Vinícius, foi agredido, e respondeu de forma inadequada. Com isso, pede a redução de pena de Edson pelo atenuante de ter sido agredido primeiro.

Foto 1: Reprodução
Foto 2: Theodomiro Rodrigues


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade