A força da experiência

por Edso Almeida* em 26 de Outubro de 2014 18:30

Na sexta-feira, comentando na resenha da Itapoan FM, disse que, diante da crise técnica do Vitória, achava muito prudente que o técnico Ney Santos escalasse, contra o Criciúma, os atacantes Dinei e Edno, porque “em momentos difíceis”, a experiência é um bom remédio para superar dificuldades.

Em seguida, um rubro-negro, por sinal de forma decente, sem baixar o nível e agredir a cronistas, como tem acontecido não raras vezes, disse que “sinto-me triste ao ver um comentarista com tantos anos de estrada falando que vai dar certo dois atacantes com a mesma característica atuarem juntos”.

Agora, sem querer medalha de ouro, de prata ou de bronze – porque realmente faz parte da vida democrática qualquer tipo de discussão -, acho que acabou sendo uma tentativa muito válida. E que não se diga que Dinei também não foi útil...

O jogo, num dos testes fundamentais para o Vitória tentar se manter na primeira divisão, tudo se encaminhava para o pior: primeiro tempo complicado em 1x1, o time de Ney errando muitos passes no meio-campo e com pouca eficiência nos chutes a gol, até que uma luz passou a brilhar na cabeça de Edno, 31 anos, muito questionado, apenas dos três gols feitos nas quatro partidas anteriores.

Resultado: um golaço de bicicleta, personalidade e eficiência para bater um pênalti, o herói da partida e ainda saiu deixando uma lição para a torcida: “Só desacredite quando não houver mais jeito”. Portando, em muitos momentos, a experiência vale muito...

Em Porto Alegre, o Bahia não fez prevalecer o histórico de bons resultados contra o Inter e acabou perdendo de 2x0 e terá que se recuperar nas próximas rodadas. O certo é que estamos correndo muito perigo.


*Edson Almeida é comentarista esportivo do Galáticos na Itapoan FM 

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade