Fundo morto

por Edson Almeida em 20 de Novembro de 2014 13:30

Como os paulistas, que se valem agora do “fundo morto” de águas da represa da Cantareira para sobreviver, assim é o Bahia atual dentro Campeonato Brasileiro. Ainda respera com o restinho de esperança. Ganhou o jogo nos lanternas, por 1x0, contra o Criciúma, mas continua precisando manter a pegada, ganhando mais duas partidas para ver se sai da zona do rebaixamento e, por fim, decidindo sua verdadeira sorte na última batalha.
 
Não vejo maiores dificuldades para, reanimado, o Tricolor ganhar do Atlético/PR e até fazer cara feia contra o Grêmio, que será o adversário subseqüente em casa, mas parada mesmo vai ser contra o Coritiba, lá dentro do Couto Pereira, porque mesmo que chegue aos 40 pontos, vencendo as duas partidas programadas para a Arena Fonte Nova -, terá que ganhar o último jogo e ainda fazer os cálculos para saber se 43 pontos serão suficientes.
       
O empate do Vitória contra o Coritiba foi um péssimo resultado, porque o triunfo, que até construiu com certa eficiência nos primeiros 20 minutos, daria uma extraordinária sustentação na busca da vaga, chegando aos 40 pontos e colocando uma boa margem sobre os que continuam no grupo dos degoláveis.
       
Não se iludam que, já garantidos e sem nenhuma possibilidade de disputa de Libertadores, que os próximos adversários do Leão – Figueirense, Flamengo e Santos -, vão “amaciar”, jogando com desinteresse ou coisa parecida. Serão jogos duros.
       
O importante é que o Vitória depende dele, se ficar ou cair não vai ter de quem se queixar. Ainda tem boas chances de permanecer entre os da elite.
         
A briga está bem desenhada na parte de baixo da tabela: o Criciúma já está eliminado, com Botafogo, Bahia e Criciúma (os três do z-4), Coritiba, Vitória e Palmeiras (os que estão na beira do abismo), lutando por três vagas.

Edson Almeida* é comentarista esportivo do Galáticos na Itapoan FM


Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade