Imaturidade

por Tarso Duarte em 20 de Outubro de 2017 15:29

A derrota diante do Atlético Paranaense na noite desta quinta-feira (20) enfim respondeu a pergunta que martelava nas cabeças de alguns, como eu. Como uma equipe poderia ter uma postura tão moderna longe de Salvador e ao mesmo tempo ser capaz de dar vexame atrás de vexame em pleno Barradão?

Pura e simples falta de maturidade de um time que joga a Série A do Campeonato Brasileiro, esta é a resposta.

Depois de precisar vencer uma herança maldita deixada por Argel e Gallo no que diz respeito à parte tática, Vágner Mancini terá agora que encontrar uma forma de ensinar ou convencer seus atletas a manter uma postura profissional quando estiverem à frente no placar.

Com todo o mérito foi conseguida a virada do Vitória no Barradão. O time teve apoio da torcida mesmo tendo levado o gol logo no início, trabalhou duro e dominava as ações, podendo ampliar o placar...se quisesse.

Mas o que se viu enquanto o Vitória vencia foi uma vergonha. O adversário chegou a se entregar, dar espaço de sobra para que o placar fosse ampliado, mas ao invés disso o rubro-negro optou pelo desprezo, por utilizar toques de letra no campo de defesa e outras atitudes que foi percebida pelos paranaenses.

Naturalmente, os jogadores do Furacão não gostaram nada do comportamento dos comandados de Mancini e trataram de ‘voltar’ ao jogo.

Mais uma vez, três pontos foram desperdiçados no Barradão. Desta vez, o obstáculo foi criado pelo próprio Vitória.

Em tempo

É muita burrice vaiar ou culpar os jogadores da base de um clube. Mesmo que ainda precise melhorar nas saídas do gol, Caíque precisa ser apoiado de todas as formas no Barradão. Infelizmente o garoto preferiu ouvir aqueles que o criticam, que o xingam. Pior para ele e para o Vitória.


Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade