Ao trabalho

por Edson Almeida em 14 de Dezembro de 2014 10:51

Revelados os números das eleições do Bahia, não há mais tempo de discussões estéreis, de exercício de divergências nem de comparativos de programas. O momento, agora, exige somar forças, porque, na verdade, o que o novo presidente do Bahia recebe é a grande tarefa de recuperar o prestígio do clube tanto na conquista de vitórias e títulos quanto no aspecto moral junto a torcedores e credores de todos os tipos.

Marcelo Sant’Ana, jovem, jornalista, de bom texto e boas idéias, deve saber que até sábado, quando foi eleito presidente tudo era expectativa e euforia, mas agora começa a fase mais contundente, que é a de enfrentar a dura realidade do clube, que acaba de cair no abismo da segunda divisão, além de ter vários problemas operacionais a ser resolvido: salários atrasados, contratos e processos trabalhistas pendentes, escassez de material, falta de recursos.

É a hora de sair do discurso inflamado muito bem elaborado (e intencionado) para a espinhosa ação num mercado carente, muito distante da marca da entidade e dos anseios dos milhões de tricolores.

 Vai ser preciso sabedoria, jogo de cintura e trabalho incessantemente exaustivo. É hora de buscar parcerias e remotivar a fanática torcida, que já não se conforma em viver do passado glorioso, amargando desapontamentos e humilhações.

*Edson Almeida é jornalista esportivo e comentarista da Itapoan FM


Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade