Sobrevida

por Edson Almeida em 05 de Dezembro de 2014 15:42

O sofrimento de nossos torcedores foi prolongado até a última rodada, pois as chances de classificação do Vitória, que enfrenta em casa o Santos, agora são de 19.2%, do Bahia, que joga com o Coritiba no Paraná, de 3.3% e do Palmeiras, que recebe o Atlético/PR na sua arena, são de 77.2%. Convenhamos que tanto rubro-negros, que têm um pouco mais de chances, quanto tricolores, numa situação bem mais delicada, precisam que o milagre aconteça.
 
O problema é que o Palmeiras tem 39 pontos ganhos e só depende dele. Ganhando do Atlético/PR garante a vaga – e se empatar, elimina de cara o Bahia e só cai se o Vitória ganhar seu jogo. O Rubronegro tem que vencer e esperar por, no mínimo, um empate do Palmeiras. P Tricolor tem que ganhar do Coritiba e esperar derrota do Palmeiras, empate ou derrota do Vitória.
 
Trocando tudo isso em miúdos: é bom que nossos torcedores tenham os pés no chão, não contem muito com o improvável para evitar que a noite de domingo acabe em cachoeira de lágrimas, como aconteceu em 2003, quando os dois caíram para a segunda divisão.
 
No aspecto técnico, o Vitória que já realizava uma péssima campanha, teve um jogo desolador no sábado, quando foi goleado pelo Flamengo, em Manaus, por 4x0. Time sem esquema, sem técnica e sem alma. Fica difícil esperar alguma reação, mesmo contra um Santos já definido e sem grande motivação para lutar pelos três pontos
 
O Bahia, no seu triunfo de 1x0 contra o Grêmio, apresentou um primeiro tempo de primeira divisão, mas uma segunda etapa de time de segunda divisão. Brilhante num tempo, tímido e deficiente no outro.
 
De qualquer sorte, não custa nada cada uma das duas torcidas fazer preces e ficar esperando pelo milagre.
 
 
Edson Almeida é colunista esportivo do Galáticos na Itapoan FM*

Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade