Sant'Ana revela ajuda de Lomba para trazer Cajá e fala de contratações

por Redação Galáticos Online em 30 de Abril de 2016 17:28 com 0 Comentário em Bahia

O presidente do Bahia, Marcelo Sant'Ana enalteceu seu próprio trabalho à frente do clube. Segundo ele, durante a assembleia geral de sócios neste sábado (30), por causa da gestão financeira da sua diretoria, o Tricolor hoje poderá investir cerca de R$ 10 milhões de reais no time.
 
"A situação financeira do Bahia vinha com muitos problemas e todos são sabedores disso. Ano passado, para montar o time inteiro gastamos R$ 750 mil, contando empréstimos, luvas, tudo. Nós não tínhamos dinheiro para nada. Hoje, nós investimos menos do que arrecadamos. Em janeiro, a gente tinha uma situação financeira. Em dezembro, a gente dizia que o Bahia iria investir R$ 4 milhões, R$ 5 milhões no time esse ano. Hoje, em maio, posso dizer a vocês que vamos investir o dobro disso. O cenário mudou. Se Renato Cajá, tivéssemos a chance de contratar em janeiro, o Bahia iria dizer não, pois não teríamos dinheiro para pagar. Hoje, se tivermos chance de contratar mais dois caras na condição financeira de Cajá, vamos contratar os dois e já pensar no terceiro, pois temos possibilidade (dinheiro) para contratar", disse.
 
O dirigente ainda destacou, porém, que mesmo assim precisa de um trabalho de convencimento para trazer grandes jogadores e revelou a ajuda de Marcelo Lomba na negociação com Cajá. "Temos que convencer jogador a vir também, pagando salário, como fizemos esse mês, que antecipamos os salários. É ele chegando ao Fazendão e vendo a estrutura, quartos, academia de qualidade, piscina de qualidade. Jogador de alto nível, hoje, está bem de vida financeira e quer ter conforto para trabalhar. Parte do convencimento de Cajá ter vindo para o Bahia eu agradeço a Marcelo Lomba, que jogou com ele na Ponte Preta e fez a nossa defesa. Falou para ele que aqui se paga, se honra os compromissos. Tem jogadores que passaram pelo Bahia e hoje me pedem para voltar através de mensagens".
 
Já sobre as dispensas e empréstimos de atletas do atual elenco que não agradaram, Sant'Ana afirmou que só falará após o baianão. "Sobre atletas, não quero falar agora. O mais importante é ganhar o BAVI de amanha e depois ganhar o do dia 8. Aí no dia 8, com Deus nos ajudando e a gente fazendo a nossa parte, às 18h30, já com a faixa no peito eu digo quem vai ficar, quem vai sair, quem vai ser emprestado", encerrou.