Auxiliar do pai, Rodrigo Carpegiani fala sobre implementação do trabalho no Bahia

por Rafael Machaddo - (Twitter: @RafaelMachaddo6) em 12 de Outubro de 2017 16:20 com 0 Comentário em Bahia

Além dos auxiliares da comissão fixa, Paulo Cézar Carpegiani chegou ao Bahia com o seu auxiliar fixo e filho, Rodrigo Carpegiani. Em entrevista à assessoria do clube, Rodrigo falou um pouco sobre a oportunidade de trabalhar no Bahia, e o processo para conhecer as características de cada atleta do tricolor.

“É um prazer estar aqui trabalhando no Bahia e estar retornando a Salvador. É pouco tempo ainda para dizer muita coisa com relação ao trabalho, mas aos pouquinhos a gente vai conhecendo cada jogador cada característica de cada um deles. A gente observa todas as equipes, a gente tinha uma ideia e hoje nós estamos trabalhando diretamente com eles em campo e nós estamos tirando nossas próprias conclusões. Em cima disso, nós vamos montar uma equipe competitiva e forte para buscar os resultados”, afirmou o profissional.

Rodrigo também comemorou a oportunidade que ele e o pai tiveram de assumir o Bahia com uma semana cheia para treinamentos pela frente. “É sempre importante o período de trabalho. Por mais que se torne uma eternidade, dentro do futebol, uma semana, quanto mais tempo você tiver para treinar, trabalhar, conhecer o jogador dentro de campo, o trabalho do dia a dia é sempre bem-vindo. Sempre é benéfico para a equipe”.

Vale lembrar que além de Rodrigo, que é auxiliar fixo de Carpegiani, a comissão técnica do Bahia ainda conta com Luiz Iubel, Maurício Copertino e Preto Casagrande nas funções de auxiliares técnicos da comissão fixa do clube.

Foto: ASCOM EC Bahia