Chega ao fim parceria entre deputado Manassés e Jacobina

por Redação Galáticos Online (@galaticosonline) em 12 de Setembro de 2015 13:06 com 0 Comentário em Plantao

Chegou ao fim nesta sexta-feira (11) o casamento entre o deputado estadual Manassés e o Jacobina Esporte Clube. O clube e a empresa do investidor, a Onsoccer Brasil romperam a parceria.
 
O que motivou o rompimento foi um desentendimento entre as partes. Manassés contratou um técnico e montou um elenco para a disputa da Copa Governador do Estado. Mas, a diretoria do Jegue da Chapada anunciou nesta semana que disputará a competição com um grupo formado por atletas da região.
 
O posicionamento dos dirigentes desagradou Manassés. "Não fui eu que deixei o clube não, eu fui posto pra fora. Quem assina os contratos é o presidente Rafael, se ele não assinar com os atletas e o treinador eles não podem atuar. Estamos com um time que disputou a segunda divisão do Campeonato Catarinense e subiu. Há uma semana treinando esse time aqui junto com a comissão técnica", disse o deputado ao Jacobina Notícias.
 
O investidor, que ajudou o Jacobina a retornar à primeira divisão do Baianão  e ainda presidia o Conselho Deliberativo do clube ainda enumerou os prejuízos com o rompimento. "Alugamos uma pousada, gastamos R$ 40 mil e eu paguei adiantado. Para conseguir a vaga para Copa Governador, eu tive que pagar as taxas na Federação [Federação Bahiana de Futebol-FBF]. São 15 passagens aéreas de Santa Catarina para Salvador, com mais 15 que terei que pagar de volta. Pessoas se deslocaram de Jacobina para virem trabalhar aqui, nos cuidados com a roupa, cozinha. O material esportivo que já foi comprado, tudo isso é prejuízo para a Onsoccer", afirmou ao cravar que o prejuízo chega à casa dos R$ 100 mil.
 
"Subimos o Jacobina para a elite do futebol baiano, um time que já estava esquecido. Hoje sou tratado dessa forma, como se tivesse feito mal pra alguém. A retribuição que recebi foi essa. Só quem perde com isso é o município, a cidade e o povo de Jacobina. Infelizmente, acabou a parceria", completou.
 
Além de Manassés, o Jacobina deve perder também Newton Mota. O ex-superintendente das Divisões de Base de Bahia e Vitória havia sido contratado pelo deputado para comandar os times infantil e Juvenil do Jegue, que estreou recentemente no Baianão das categorias. O investidor já está a procura de um novo clube para acertar outra parceria. 

Foto: Augusto Urgente