Douglas fala sobre favoritismo no BaVi, duelo com Denílson e despedida de Hernane no Bahia

por Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 12 de Fevereiro de 2018 16:32 com 0 Comentário em Bahia

Após uma folga no domingo de Carnaval, o elenco do Bahia voltou aos trabalhos na tarde desta segunda-feira (12), no Fazendão. Antes das atividades, o goleiro Douglas foi até a Sala de Imprensa e concedeu uma entrevista à imprensa presente. O atleta começou respondendo se existiria algum favorito para o clássico BaVi do próximo domingo (18), No Barradão.

“O favoritismo eu acho que não existe, até porque são trabalhos recentes. As duas equipes mantiveram algumas peças importantes, chegaram outras peças importantes, e teve vários fatores diferentes nesse início de temporada. A gente disputando algumas competições, eles disputando uma a mais, que é a Copa do Brasil, adversários e momentos diferentes... Então eu penso que no clássico tudo se iguala, até porque a gente sabe que quem tiver melhor preparado para essa partida com certeza vai estar mais próximo da Vitória”, afirmou.

Questionado se algum atleta adversário mereceria uma atenção especial, Douglas afirmou que espera um bom duelo com o atacante Denilson, com quem atuou no Avaí, em 2017.

“A gente conhece alguns de jogar contra. Ano passado tive a oportunidade de jogar contra o Vitória aqui, o Denílson eu conheço bem, trabalhei com ele no Avaí, ano passado, ele iniciou muito bem ano passado, no Avaí, nos ajudou bastante. É um cara que a gente tem uma certa amizade, a gente dividiu quarto de concentração lá no Avaí, eu era meio que ‘paizão’ do Denílson lá. Mas fico feliz que ele está numa boa fase. Vai ser um grande duelo, e como eu o conheço bem, ele também me conhece bem, vai ser um duelo bacana”, declarou.

Por fim, ao ser questionado sobre a transferência do atacante Hernane, o goleirão inicialmente tentou desconversar, mas depois confirmou que o jogador já se despediu dos companheiros.

“Bom isso é uma parte que a direção e o departamento de futebol estão tratando. Procuro não falar mais nada para não me complicar... A respeito do Hernane, ele se despediu sim no treino de sábado (10), a gente teve pouco contato aqui, mas é uma excelente pessoa, excelente profissional e desejo aí que ele seja feliz onde ele estiver. A respeito da negociação, dos acertos, eu também nem fui informado, mas espero que ele seja feliz porque um cara merecedor”, esclareceu o arqueiro.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia