Barradão recebe um dos menores públicos de sua história

No jogo Botafogo 3 x 1 Serrano o estádio Manoel Barradas teve um dos menores públicos de sua história. Somente 257 pessoas pagaram para ver a partida que classificou o “Mais Simpático” à segunda fase do Baiano.
 
Porém, o público registrado não é o menor do Barradão. Em 6 de dezembro de 2003 somente 187 pessoas pagaram para assistir Vitória 1 x 0 Coritiba em partida pelo Campeonato Brasileira da série A.
 
Mas a média de público presente nos jogos do Botafogo não é diferente da que foi registrada no Barradão. Nos três jogos realizados em Pituaçu somente 884 pessoas pagaram ingressos, dando uma média de 294 pessoas por partida em Pituaçu. Se incluir os números do Barradão os pagantes aumenta para 1141, sendo assim uma média de 285 torcedores por jogo.
 
Confira os públicos pagantes nos jogos do Botafogo na primeira fase do Baiano:
 
Botafogo 3 x 1 Serrano - 257 pagantes
Botafogo 1 x 1 Jacuipense – 577 pagantes
Botafogo 3 x 1 Fluminense – 137 pagantes
Botafogo 1 x 2 Bahia de Feira – 170 pagantes.

6 Comentários para Barradão recebe um dos menores públicos de sua história
    • Carlos Alberto de Jesus Evangelista
    • A média de público do Botafogo é horrivel... imagine quando Galicia e Ypiranga estiverem também no campeonato!!

Mande um Comentário

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Publicidade

Publicidade

  • jose viana

    Após a serie C, os sardinhas vão para a serie D, lugar ideal para este timinho de...

  • lask in banda

    Esses exs estão é sentido falta dos tempos deles, com a grana que Bahia esta recebendo hein? ê festão, com muito menos era passagem hospedagem passeio de iate mensalinho que beleza, ainda bem que o...

  • oscar fux

    Gente, nunca vi em toda a minha vida, pessoas escrevendo tanta bobagens, com erros gramaticais que envergonham a nação. São erros de concordância verbal, erros de tempo verbal, erro de grafia. Enfim,...

Twitter

Facebook

Sobre

Newsletter

Inscreva-se para receber nossos informativos

Fale conosco